domingo, 6 de dezembro de 2015

Centro da Galáxia

por Hector Othon

as situações da vida estão rompendo todas as lógicas

sentido
só no agora

esquece o planificado, as seguranças, os tratos
"o caminho se faz ao andar"

em momentos como estes encontramos irmãos, irmãs
as vezes como amantes
outras como amigos, companheiros
o pior
é que logo que a missão do encontro se cumpre
a separação surpreende
e quando vamos ver
tudo como antes
e aquilo que foi tão bom, gostoso, abençoado
de repente passou a ser recordação

nos resta o agradecimento
ou a tortura de querer encontrar culpados

aaaaaaaaaaaa
eeeeeeeeee
iiiiiiiii
uuuuu
ooooooo

quando vamos aprender que nesta vida nada preenche completamente
sempre uma falta castiga, é só relaxar...
que ela aparece

aceito a dialética
aceito a impermanência
aceito o fim e os recomeços

aceito a contradição

Mercúrio vai encontrar amanhã o centro da galáxia
o buraco negro que todo chupa
lá vou entrar com minha mente aberta, ardorosa
para esquecer meus esquecimentos
e desde lá
quero te encontrar
sem entendimento
só olhar, beijo, dança, amor
ainda seja na imaginação

enquanto isso
auto observação
meditação
e nos encontros, a delicia da verdade do coração

buraco negro
centro
emoção

por outro lado Saturno cobrando responsabilidade
sabedoria
impecabilidade
aprimoramento
reconexão

se descuidar fica chato
se ligar fica revelador

o que fazer?
deixa o buraco negro levar a ilusão
e fica nu
no mistério da encarnação
de repente sem mente e quero-queros
descobrimos que já somos um
que estar em um corpo ou em outro é só intenção

Desiste de querer entender, explicar
a orientação é para ficar só
na respiração
na meditação
no amor

te amo
Hector Othon

9 comentários:

  1. "Buscamos no outro aquilo que nos falta, até percebermos que está dentro e não fora essa incansável busca, Amar a si mesmo" C.G.Yung.

    ResponderExcluir
  2. "Buscamos no outro aquilo que nos falta, até percebermos que está dentro e não fora essa incansável busca, Amar a si mesmo" C.G.Yung.

    ResponderExcluir